Links do Ocioso, agregador de conteúdo

sábado, novembro 29, 2008

[ADOÇÃO] Amarela e saudável...

Uma cor que, segundo a Psicologia das Cores, é a mais clara e a que mais se aproxima da tonalidade solar. Carregada do sentimento de esperança, reveste-se de uma aura de resplendor, brilho e alegria. Trata-se da amarela.
Acaso ou não, esta cachorrinha possui todos esses atributos e nome igual. Apresento-lhes a Amarela.

[ADOÇÃO] Amarela e saudável...

A Amarela, esperança, chega de trenó para o seu Natal (Clique sobre a imagem para ampliá-la)

Ela tem sete meses, já está castrada e vacinada. Melhor presente de Natal, impossível!

Contatos:
Lucila Borghi Gandur Trautvein
lucila.trautvein@uol.com.br


Fonte: http://www.tci.art.br/cor/efeito.htm
Foto: Lucila Borghi Gandur Trautvein, com estilização de Surpresas Animais.

[ADOÇÃO] Desfile de cachorros...

Segue um vídeo que é um verdadeiro desfile dos animais que estão participando da Feira Animais Precisam Ajuda (FAPA), em São Paulo, na Vila Mariana. Dê um clique e escolha o seu próximo cachorrinho!

Vídeo: FAPA

Contato:
Cecília
animaisprecisamajuda@uol.com.br

[ADOÇÃO] Porque somos gatos...

Eles são pequenos e afetuosos e têm uma história longa com os humanos, os gatos domésticos. São caçadores natos com características específicas: olhos dirigidos para frente, sentidos aguçados e andar silencioso, além de um corpo flexível e garras e dentes afiados; qualidades que seduziram-nos naturalmente.
Faz tempo que eles coabitam o lar dos humanos. A domesticação do gato se deu por volta de
3 mil a.C. nos grandes campos de cultivo do império do Egito antigo, período em que o homem começou a armazenar sua colheita. Tinham serventia no controle à população de ratos que arruinava boa parte dos grãos. Devido à sua efetividade no combate à esses pequenos roedores, continuaram, no decorrer dos tempos, a serem utilizados pelos gregos e romanos.
O relacionamento entre ambos ficou conturbado por volta do séc. XIII, quando os felinos, associados aos cultos pagãos e à feitiçaria na Europa foram sacrificados aos montes, sendo taxados como "animais do inferno". Somente 500 anos depois, os gatos recuperaram seu prestígio, servindo inclusive de inspiração para poetas, pintores e escritores.
Nos dias atuais, o apego entre a população e os gatos é explicada por três fatores:
a) Simbolizam a beleza e a sedução;
b) Personificam valores como independência, personalidade e naturalidade;
c) Casam com o estilo de vida moderno: as pessoas têm pouco espaço e tempo, o que faz do gato uma companhia perfeita devido ao seu tamanho diminuto, autonomia e limpeza.
Um famoso personagem das tiras de desenho que é a identidade viva dessas características atuais do animal é Garfield. Em cada uma das suas aparições nos jornais havia uma ironia direta às pessoas que transformam os animais de estimação em "donos da casa". Para ser ainda mais contundente, o gato anda em duas patas e enfrenta problemas humanos (dieta, tédio, aversão às segundas-feiras etc). Confira abaixo um trecho do filme "Garfield 2 - Sua Majestade Está de Volta" (80 min - EUA, 2.006).


Se você quer uma companhia com algumas das características positivas citadas, afastando, é claro, qualquer possibilidade de se ter um Garfield em casa, temos muitos gatos, jovens e adultos, todos castrados, vermifugados e vacinados aguardando pela sua simpática companhia.

Fontes:http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/1843/SAGF-6Y9K4T/1/disserta__o_silvia_dias.pdf; http://pt.wikipedia.org/wiki/Garfield
Vídeo: "Garfiel 2 - Sua Majestade Está de Volta" (80 min - EUA, 2.006)

[ADOÇÃO] Adote o Palíndromo...

Um cãozinho que tem um nome aparentemente comum e, ao mesmo tempo, complexo. Peraí, perdi o fio da meada. Como é que pode? Sim, seu nome é Bob. Curto, breve, rápido, conciso e... um Palíndromo. Esse palavrão esquisito, neste caso, contempla um termo que tem o mesmo sentido quando lido da esquerda para a direita e vice-versa. Por guardarem essas características singulares são facéis de memorizar, sendo amplamente utilizados na literatura e na publicidade. Lembre-se desse nome porque o recebedor dele já foi esquecido, abandonado em frente a um prédio. Acolhido por uma senhora que já tem outros sete cachorros para criar, aguarda um novo lar. Ele tem por volta de cinco anos. Como podem ver, ele é charmoso e curioso. Tem um olhar bastante profundo e brilhante e anda com leveza. Confiram o videoclipe abaixo:

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_pal%C3%ADndromos

Vídeo:Feira Animais Precisam Ajuda (FAPA)

quinta-feira, novembro 13, 2008

De cara com a verdade...

Não raro, as pessoas reclamam de suas vidas. "Tudo anda tão difícil", " O que vai ser dessa menina", "O meu relacionamento anda de mau a pior", toda essa ladainha passada e repassada de boca em boca no dia-a-dia. Alguns chegam a invejar o seu gato doméstico cujo cotidiano é tranqüilo, só passeia, dorme, come, não tem preocupação alguma.
Veja este vídeo e elabore melhor seus pensamentos. Na natureza, vale a força bruta, não há cultura e nem medicina; vale o determinismo: nasceu assim, vai morrer desse jeito. Imaginem como esse babuíno não daria todo o seu estoque de vegetais, frutos e sementes por uma cirurgia plástica bem realizada.


Vídeo: Internet

terça-feira, novembro 11, 2008

Não pense em um urso branco...

"Diga às pessoas para não pensarem em um urso branco por cinco minutos e acontecerá de elas não conseguirem tirá-los de suas cabeças", comprovava um famoso experimento da década de 80 do psicólogo David J. Schneider. O estudo sugere que tentativas de supressão do pensamento têm efeitos contrários como estratégia de auto-controle, talvez até produzindo uma preocupação maior com o tema em questão.
Então pense nele e veja-o mergulhado em mensagens boas para 2.009. Confira o vídeo abaixo:


Fontes: http://pt.lostpedia.com/wiki/Os_Irm%C3%A3os_Karamazov; http://www.rice.edu/sallyport/2004/spring/whoswho/whitebear.html;
http://en.wikipedia.org/wiki/David_J._Schneider

sábado, novembro 08, 2008

Palmeiras, do periquito ao porco...

Os mais jovens nunca entenderam muito bem porque a torcida do Palmeiras resolveu adotar um mascote extra-oficial. O Periquito, escolhido devido à sua coloração e também porque muitas dessas aves faziam seus ninhos na região onde o clube está localizado, perdeu a vez para o Porco, denominação que surgiu meio por acaso, na década de 80, como um insulto das torcidas rivais.

Nos anos 90, com as sucessivas vitórias houve uma associação entre a maré de bons resultados e o estigma do bicho que vieram ao encontro dos anseios dos torcedores por um mascote mais moderno. Ao assistir este vídeo, podemos agregar mais valor à essa escolha: o porco é muito esperto. "Dá-lhe Slinger! Dá-lhe Porco!"


Fontes: http://www.canalpalmeiras.com.br/?a=palmeiras&b=mascotes; http://www.palmeiras.com.br/historia/mascote.asp

Vídeo: Internet

sexta-feira, novembro 07, 2008

[DOAÇÃO] Que tal dar um brilho em sua vida?

Duas fêmeas Sem Raça Definida (SRD) pretas já estavam com destino certo: o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de São Paulo. Mas uma senhora resolveu acolhê-las... temporariamente, haja vista que ela já tem três gatos e cinco cachorros que dão bastante trabalho.
São duas irmãs, glitter e purpurina, com aproximadamente dois meses e de porte médio. Apesar do nome, não gostam de fazer arte, não. São brincalhonas e vigilantes, além de estarem acostumadas com gatos. Serão entregues vacinadas e castradas ou com vale castração.
Contato:
Luna
11 8275-9158/ 3467-0010